24/04/2010



Demais,demais,demais,o que há por detrás das folhas que ficam lá,paradas debaixo do céu,encima da terra,no meio do bem e do mal,colocando brilho e alegria em olhos solitário e amargurados  ao mesmo tempo tanto o fruto da maldição para corações inocentes e desavisados ...Pode ser uma ilusão plantada em nossa mente,que dependendo do angulo,dá uma imagens distinta para tipos diferentes de ser,vamos acreditar em qual miniatura que há dos dois lados da folha,o vermelho que nos diz para fazermos o que desejamos ou o branco para fazermos o que é necessário?
Será que somos ela,a folha,a árvore ou o fruto?Que fica diferente de olhares estranhos e distinto?Mas se somos a folha,podemos voar,mas quando cairmos,quando crescermos o suficiente para nos largar da mãe árvore,mas não é de nossa escolha para onde irmos,pois depender do vento,podemos ir para o norte,no frio e gerido ar que há lá,podemos ir para o sul,para o calor e seco tempo que lá há,ou apenas poderemos cair sobre a areia da terra e ser varrida e colocada em qualquer lixo terminando o tempo de vida...Mas se formos a árvore,a mãe árvore que dá um dos ingredientes  da vida pedindo apenas amor e carinho,nada além disso,mas de vez disso é cortada sem piedade por dois monstros,a serra e o homem,a mãe que fica parada,no mesmo lugar,vendo seus filhos sendo levados pelo vento e pelo lixo,sem poder fazer nada,derramando lagrimas invisíveis,mas reais...Mas também podemos ser o fruto,irmão da folha e filho da árvore,que grande maiores das vezes pode ser o lado estragado da família,por não ser colido na ora certa,e tornando o bom em ruim,apodrecendo tudo,com chances mínimas de conseguir salvar algo,mas colido na época certa podendo dar forças aos fracos e famintos,mas sem chance de escolher para aonde quer ir,tento tempo de vida nas contados nas mãos daqueles que não se importam consigo....Podemos ser ele,podemos ser nós,podemos ser o que quisermos,fazer o que quisermos dependendo  do que escolhermos ser.Temos uma escolha que pode mudar tudo,deixar tudo maravilhoso e dar as chaves para abrirmos outras portas,dar outras escolhas para outras oportunidades para nós ou podemos fazer uma única escolha e estragar tudo,jogar todas as chaves no mar,na imensidão do mar tanto adeus a tudo,a nós,e a nossa vida.

Nenhum comentário :

Postar um comentário