25/11/2010

  Talvez sejamos todos refugiados de alguma coisa,mas agora vejo que não há nada a temer, que ao mundo ao qual nos prendemos e as vidas que amamos fazem parte de alguma coisa maior... Quando olho para os meus filhos vejo isso tão claramente, essa esperança, essa oportunidade de vida e então sei que vale apena lutar! 
                           
                           " Fragmento de uma parte do filme Amor Sem Fronteira"


Nunca, lá fora, há um minuto de paz total, talvez um segundo, claramente quebrado por dor e perda. Mas aqui, dentro, de nós, talvez seja chichê falar (escrever), mas assim então o seja, podemos mudar e tornar a paz, o amor, cada momento, por menor que seja, eterno, e eterno até que dure, e que dure para sempre, e assim libertamos-os  para fora, quebrando a marca de um segundo e fazendo-nos donos de nossos destinos, alma e coração! Não precisamos viver com medo de que alguém vá embora, e talvez nunca volte, ou que nossos sonhos nunca se realizem, devemos lutar por aquilo que acretidamos e sonhamos, e não importe as dificuldades, pois olhe para seu lado ou para seu interior, e lembre daqueles momentos eternos e os faça continuar eternos e agradeça a cada dia por esta oportunidade de poder continuar seu caminho!.


Um comentário :

  1. Esse filme é demais e concordo com as palavras.

    Bom, você comentou um post meu e fiquei curiosa por causa do "tchê" vim aqui e olha a surpresa, és de SLS menina *---*
    moramos bem perto e eu amooooo tua cidade :D

    super beijo e estou te seguindo.

    ResponderExcluir