29/05/2011

Prefiro Morrer Pela Justiça A Viver Acomodada Com A Injustiça

Não, eu não sou covarde; não, eu não aceito ver e não fazer nada contra algo errado; não, eu não tenho medo de quem tenta meter medo; não, eu não fico calada; não, eu não tenho personalidade fraca; não, eu não deixo influenciar-me; não, a vida não é uma sala de cinema que tu senta e fica assistindo as coisas acontecerem, comendo pipocas e bebendo refrigerante como se tudo fosse apenas por diversão; não, o que tu pensa não me atinge; não, eu não nasci para ficar de cabeça para baixo; não, eu não desisto fácil...
Sim, estas palavras são alguns reflexos de meus atos.!

Nenhum comentário :

Postar um comentário