23/06/2011

Complicações da vida


Não existe uma alma neste imenso universo que nunca se trancou ao mundo, principalmente uma alma jovem, inexperiente às diversidades desta sociedade. Não pensamos quando fechamos às portas de nossos problemas, sem tentar procurar soluções, até parece, às vezes, que a solidão é melhor companhia para nossas frágeis cabeças oca... Mas, como uma lei, que não há como quebrar, temos que respirar, para sobrevivermos...  Não há como escapar do inevitável.  Teremos que sair da caverna, para enxergar ao mundo que nos rodeia e ao que esta além do horizonte, onde apenas quem está na ponta do pelo do coelho consegue admirar e sem temer, ter ao privilégio de vivê-lo... Mas antes, para encontrarmos a chave de saída, temos que meter tudo pra fora, de nós mesmos! A imensidão esta, tanto dentro, como fora de tudo. Se não encararmos, nos perderemos, e neste momento, estaremos ganhando experiência para continuar, pois iremos errar e acertar, é próprio do nosso ser, mas daí devemos ter que fazer o que muitos não estão acostumados, devemos pensar no que aprendemos, no que vivemos e no que viveremos!
É tão fácil parar no meio do caminho, quando estamos cansados. Tão mais fácil voltar a dormir, quando estamos desgostados. E o mais fácil, nos escondermos atrás de mentiras, o mais fácil, o mais comum... E o mais perigoso, cruel e destruidor de tudo que há!
No nosso caminho, descobriremos que haverá vários segredos que quizas, nunca serão descobertos, o amor é o principal deles, iremos amar, nos apaixonar, pois quando sairmos de nossas cavernas, estaremos tão vulnerável à tudo, que seria impossível negarmos disto acontecer, e sim, iremos enlouquecer, tentando procurar respostas e soluções pra coisas inexplicáveis, como o brilho do teu olhar... OPA, viu hahahahaha isto acontecerá a todos, se nunca acontecer, é porque tu ainda continua preso a tua solidão, da qual tu entrou por medo e inexperiência de encarar tua vida como se tu nunca houvesse saído de dentro do útero de tua mãe.
A sabedoria que adquirimos por toda nossa vida nunca será capaz de esclarecer todas nossas dúvidas, e que bom que seja assim, pois que graça teria nossas vidas sem complicações, ainda mais em nossa idade, que ensinamentos aprenderíamos, que medos superaríamos, que machucados curaríamos, iria ser uma eterna caverna de solidão e pra que existiríamos? Seria um jogo que sempre daria game over.

Nenhum comentário :

Postar um comentário