28/07/2011

Grande exemplo, baita passo!

" A Puma, terceira maior empresa de produtos esportivos do mundo, tomou a dianteira do desafio lançado pelo Greenpeace. A multinacional anunciou, nesta terça-feira, o compromisso de acabar com o descarte de substâncias tóxicas em toda sua cadeia de fornecimento até o ano 2020. 
O anúncio é uma resposta à campanha DETOX (desintoxique), do Greenpeace Reino Unido, que pede às grandes empresas de produtos esportivos com o selo “Made in China” que trabalhem com sua cadeia de produção para evitar que fornecedores chineses continuem a descartar resíduos tóxicos no meio-ambiente.
A campanha nasceu depois que o Greenpeace publicou o relatório Dirty Laundry (Lavagem Suja). Após um ano de estudo, o documento mostrou que a indústria têxtil chinesa é a principal responsável pela alta concentração de substâncias tóxicas extremamente perigosas nas águas de importantes rios do país, como o Yangtze. Estes poluentes viajam para além das fronteiras da China e já foram encontradas até no organismo de ursos polares.
Estas fábricas poluentes são fornecedoras de importantes marcas internacionais de produtos esportivos. Puma foi a primeira a anunciar uma plano para acabar com o descarte de poluentes nas águas. Nike e Adidas já se pronunciaram a respeito, mas não tomaram nenhuma medida, em concreto, para garantir um futuro livre de substâncias tóxicas."

Fonte: http://migre.me/5n9tY

Nenhum comentário :

Postar um comentário