13/02/2012

Cena Nova








Olhar para trás, relembrar e ficar pensando... E não se reconhecer bem, nas cenas, nas mémorias. Como que tudo fosse apenas um teatro, seguindo as palavras como alguém queria que fossem pronunciadas. Não se encaixar, sentir um nada, dentro de um poço escuro, com apenas ar e água suja. Não fazendo diferença se ficasse ou tivesse ido embora. Sim, eu sei! É apenas um pedaço delas, das mémorias.  Mas como pode, por muito tempo, ficar cercada por pessoas estranhas? Escutar por tanto tempo, coisas que não te interessam ou que não entende e nunca fara questão de tentar entender.

Vagando no tempo, sem direção. Respirar ar alheio, olhar horizontes nublados, tentando se descobrir.
O que havia sentido, anos atrás. Hoje , já não faz mais. Coisas novas sento colocadas no lugares, novas pespectivas, e um outro sentido estou conhecendo. Espero me conhecer, num preve até logo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário