05/01/2013

You still don't know



 Como todos, seguindo o mesmo caminho, contrario de onde estou.
Pois sou um insuficiente, um inexperiente;
Sou um nada, comparado ao todo.
O todo, tão grande, tão belo, tão deslumbrante,
Mas tão pequeno, no horizonte, longe de mim.
O mim, que está em forma de arquivo codificado,
 Na tentativa de não ser mais hackeado, e destruído em pedaços.
Mas já, não mais desfragmentado dentro de si,
Por tantas vezes ser atirado ao descaso.

Nenhum comentário :

Postar um comentário